Postagens Recentes

COM DIREITOS OU SEM DIREITOS?

Sem direitos, em pleno século XXI, ainda se ouve falar em pessoas sem direitos à: educação, saúde, Segurança e trabalho; são aquelas pessoas que não possuem o Registro de Nascimento, pois só com o documento de nascimento que se consegui usufruir e identificar os direitos, principalmente os direitos previstos na nossa Constituição Federal.


Com a dificuldade que o Brasil se encontra, nesses últimos anos, muitos estão tendo que se sujeitar até mesmo a trabalhos escravos, pedir dinheiro nas ruas, trabalhar por um prato de comida, ter que viver na informalidade, morar nas ruas etc. É muito fácil identificar essas pessoas, basta andar pelas ruas, principalmente a noite, que serão observados vários casos.


As crianças são amparadas pelo ECA – Estatuto da Criança e do Adolescente, onde encontra-se implícito os direitos que possuem. Os idosos possuem o Estatuto do Idoso. Todos os seres humanas necessitam de seus registros de Nascimento, para que possam adquirir direitos e obrigações. Além do Registro de Nascimento no Brasil para que a pessoa esteja gozando de todos os direitos, precisa possuir os seguintes documentos: Registro de Nascimento, Carteira de Identidade, CPF, para trabalhar CTPS, na Educação (Certificado da Escola, Histórico Escolar, Diploma do 2° Grau; Graduação Diploma e dentre outros), para Motorista CNH, Profissional Regulamentado Registro em Conselho de Classe. Além de outros dependendo da situação que esteja enquadrada.


Na vida precisamos, cada um de nós, possuirmos o espirito de amor, fraternidade, compaixão para com os próximos, amizade, com intuito de melhoramento e de poder ter uma população igualitária. Amor a vida ainda tem gente que vive assim sem direitos como por exemplo de crianças que vivem em plena pobreza, o trabalho escravo para elas que não tem o que comer é lucro, mulheres ou homens que se sujeitam em ficar numa relação doentia, além de mulheres que abortam sem explicações. Não agente e sim a ela mesma, são questões muito vivenciadas nas nossas vidas, basta agente prestar atenção.


O que fazer para o melhoramento? Atitudes simples como: na votação escolher um candidato que não venha só querer se beneficiar e sim elaborar leis em prol da coletividade, fiscalizar os mandatos de cada candidato, fiscalizar o Poder Executivo, participar de Movimentos Sociais.


O ser humano mudando, ele vai perceber que o mundo também muda, temos que entendermos bem isso, que a mudança deve ser primeiro a interna. Já temos aquela famosa frase, “ antes tarde do que nunca”, para se mudar.


Andréa Viana Mota de Souza

Empresária, Midia Social, Colunista Social, Diretora Administrativa e Financeira do IBASP–Instituto Brasileiro de Assistência e Soluções Públicas

Coluna Senews em Foco por Andréa Mota

Nossa Localização

O que achou do site?