Carlos Bolsonaro e Major Olimpio trocam insultos nas redes sociais

October 17, 2019

 

Carlos Bolsonaro (PSC-RJ) e Major Olimpio trocaram insultos neste domingo, 13, pelas redes sociais. Em seu perfil no Twitter, o vereador do Rio de Janeiro e filho do presidente Jair Bolsonaro afirmou que o líder do PSL no Senado é um “bobo da corte” e “canalha”.

 

 

“Este senhor diz absurdos sobre o trabalho que exerço de forma esgotante. És um bobo da corte!“, escreveu Carlos. “Conheço sua laia, canalha”, afirmou o vereador, sugerindo que Major Olimpio seria ingrato por ter apoiado Márcio França (PSB-SP) na corrida para o governo de São Paulo e posteriormente ter procurado o governador João Doria (PSDB-SP), que venceu a disputa.

 

 

 

Major Olimpio, por sua vez, declarou que Carlos ofende quem deseja ajudar o presidente Bolsonaro. “Vá ser vereador no Rio de Janeiro que sua ausência ajudará muito o Brasil”, afirmou, também em sua conta oficial no Twitter. “Não vou permitir molecagem comigo e assistir calado os ‘príncipes’ prejudicando o governo do pai”, afirmou, dizendo em seguida que continua apoiando o presidente.

 

 

 

 

 

Crise no PSL

 

 

Na última quarta-feira 9, uma carta em apoio ao presidente Jair Bolsonaro divulgada por membros do PSL aprofundou as disputas internas do partido. Neste domingo, os deputados federais Filipe Barros (PSL-PR) e Bia Kicis (PSL-DF) divulgaram vídeo no qual chamam Joice Hasselmann (PSL-SP) de desinformada, com uma fala repleta de “artifícios utilizados pela esquerda”.

 

 

 

A presença de Bia Kicis e Filipe Barros nas redes sociais é uma resposta à ação de Joice Hasselmann (PSL-SP) que, neste sábado, também em manifestação por meio do Twitter, chamou a carta dos parlamentares do PSL de “coisa idiota”. “A cartinha foi feita por um grupelho que se juntou e sequer comunicou o partido como um todo. Foi uma malandragem, uma armadilha”, declarou a parlamentar, que também é líder do governo no Congresso Nacional. Joice não está entre os signatários do documento.

 

 

 

Para Filipe Barros e Bis Kicis, “pessoas de má-fé estão nos atacando, como se nós quiséssemos dividir o partido, o que não é verdade”. “Se tem alguém que está trabalhando pela união somos nós, e não pessoas que estão fazendo alarde nas redes sociais e por baixo dos panos querem outras coisas”, completou Filipe Barros.

 

 

 

Joice Hasselmann busca apoio para ser a candidata do PSL à Prefeitura de São Paulo nas eleições de 2020, mas tem enfrentado resistência. Reportagem de VEJA mostrou que o deputado federal Eduardo Bolsonaro, terceiro filho do presidente, atua nos bastidores do diretório paulista para implodir a candidatura, com o apoio do pai.

 

 

 

Para barrar os planos de Joice, Eduardo recriou o diretório municipal, que estava inativo. Entregou o comando a Edson Salomão, líder do movimento Direita SP e um dos seus pit bulls, e forçou a convocação de prévias para escolher o cabeça de chapa do PSL para a prefeitura. A expectativa é que Joice não passe pelo crivo ideológico dos filiados.

 

 

 

(Com Estadão Conteúdo)

Please reload

Postagens Recentes

Atenção PRÉ CANDIDATOS

July 27, 2020

ABERTURA DE VAGA PARA ESTAGIO

July 20, 2020

Hospital de Campanha tem 179 recuperados e 43 internados

July 15, 2020

1/1
Please reload

Nossa Localização

O que achou do site?